domingo, abril 27, 2014

Lamento


Por vezes corre-me o lamento,
Rasa-me a lógica em ostentação,
Nada de mais num breve momento,
Apenas dor no meu coração.

Cria o caos, o desfasamento,
Desassossega-me a imaginação,
E Deus sabe o quanto eu tento,
Qual S. Jorge, matar este Dragão.

terça-feira, abril 22, 2014