domingo, outubro 26, 2014

De volta, espero.

Não escrevo à bastante tempo. Achei que o facto de publicar as minhas coisas nas redes sociais me faria escrever mais... me faria sentir melhor... me faria ganhar alguns trocos pelas miseras visualizações de página. Não poderia estar mais errado. O facto de ter colocado as minhas coisas pessoais, os meus devaneios, as minhas loucuras disponíveis para um publico mais abrangente apenas me fez distanciar da minha escrita. Tive medo de publicar coisas que me rotulassem, tive medo que me julgassem por alguma observação lamechas ou por criticar algo.

Raios, deixei de fazer algo que tanto me toca e que me flui tão naturalmente como a brisa da noite. Aprisionei dentro de mim dezenas de momentos únicos de emoção simplesmente porque estava a projectar-me nas ditas redes. Raios! E tantas vezes acordei a meio da noite com vontade de me perder entre as palavras... e virei-me para o outro lado porque estava "ligado" e todos iriam ler.

Cortei com tudo desta vez. Sinceramente, "estou-me a cagar"! Este espaço foi criado por mim para eu colocar as minhas coisas. Não tenho de o publicitar, não tenho de esperar nada de ninguém. Estou aqui! Quem quiser que cá venha ter, que leia, que saia ou que se perca nas palavras. Todos estão convidados a entrar e a sair... e demorem-se o que quiserem.

Esta é a minha pequena caixa!

segunda-feira, maio 19, 2014

Happiness


Felicidade... terna e doce felicidade...
Finalidade de uma vida inteira... tu ó felicidade...
Que sobranceira surges do nada e nos arrebatas,
Nos catapultas para uma espiral de completude e alegria.

Fazes-nos sentir cheios, ó felicidade...
Cheios de amor e de vontade,
Repletos de iniciativas e de magia,
Atestados de boa vontade e coragem.

E apesar de muito por ti procurarmos, ó felicidade,
Sempre tens estado aí, atrás de nós...
À espera que a nossa busca por ti cesse,
Para aí sim te apresentares com todo o teu esplendor.

: )

domingo, maio 04, 2014

Dia da Mãe


Bem hajas, mãe, por o seres. Por me teres posto no mundo... por me teres dado a oportunidade de também eu ter uma filha que tanto amo. Por me teres criado e, dentro das tuas possibilidades, estado presente na minha formação como pessoa. Este é o teu dia.

Bem hajas, minha esposa, por também seres mãe. Por do teu ventre ter nascido tão maravilhosa criatura que, diariamente, nos ofusca o sol com a sua alegria. Por a amares incondicionalmente em todo o teu esplendor, como apenas uma mãe sabe fazer. Este também é o teu dia.

Mil beijos a ambas.

domingo, abril 27, 2014

Lamento


Por vezes corre-me o lamento,
Rasa-me a lógica em ostentação,
Nada de mais num breve momento,
Apenas dor no meu coração.

Cria o caos, o desfasamento,
Desassossega-me a imaginação,
E Deus sabe o quanto eu tento,
Qual S. Jorge, matar este Dragão.

terça-feira, abril 22, 2014

domingo, janeiro 05, 2014

Go forward...

Lembro-me de que, certa vez, na praia da Nazaré, um homem de considerável idade me ter abordado enquanto eu, angustiadamente, tentava "ambientar" o corpo à temperatura do mar. A água não passava do tornozelo mas conseguia sentir gelo ártico a subir-me pelas costas.

Tal senhor não me conhecia de lado algum. Eu tão pouco sabia quem ele era. Chegou-se ao meu lado, parou... olhou-me com toda a calma e perguntou: "Então? Tá fresquinha, não está?"
A cor da minha pele a rasar o azul deve ter dito tudo. "Olhe, mais vale resolver isso de uma vez!" Tomou balanço e atirou-se heroicamente para dentro de água. "ATÉ ESTÁ BOA!" gritou enquanto se afastava a nadar.

Tomei balanço e também fui. E não é que afinal não estava assim tão fria?!?

Nesse dia aprendi que na vida teremos sempre muitas águas frias pela frente... e não podemos perder a vida toda à espera que a água aqueça. Se temos o problema, mais vale resolve-lo logo. Podemos não ter tempo para tratar dele mais tarde.

Respirem fundo, e bola para a frente! Nunca vai ser tão mau quanto se poderia agoirar.

sábado, janeiro 04, 2014

Constatação

Quando achares que estás preparado, pensa novamente... porque nunca estarás totalmente preparado. Podes ter uma ideia ou outra... ou até saberes muito sobre o assunto... mas quando chega a altura, tudo te vai parecer irrelevante. Não o é!

Mas também não te prepara assim tão bem quanto isso! Vá lá... bates com menos força na parede... mas bates!